Causas do Estrabismo

As causas do estrabismo variam consoante o tipo de estrabismo, a idade em que surge, bem como as características demográficas da população, no entanto, é sempre difícil identificar a causa exacta.

No caso do estrabismo congénito os sintomas manifestam-se nos primeiros 6 meses de vida, não tem uma causa comprovadamente conhecida. No entanto estás normalmente associado a razões hereditárias ou a comportamentos de risco por parte da mãe, nomeadamente o consumo de álcool, drogas e tabaco.

Até aos quatro/seis meses de idade, os olhos do bebê podem apresentar pequenos desvios, porém raramente e por períodos de tempo muito curtos. Tal facto acontece porque porque os reflexos que alinham os olhos ainda não estão completamente adquiridos e desenvolvidos. Após esta idade, tal não deve acontecer, devendo os pais consultar um oftalmologista que se encarregará de efectuar os testes e exames necessários

Nas crianças, é normalmente entre os 2 e 5 anos, embora possa aparecer mais cedo, é quando surgem 80% dos casos de estrabismo,  a endrotopia acomodativa. Que resulta do esforço da criança em focar as imagens que na grande maioria dos casos é provocada por hipermetropia (as imagens são formadas atrás da retina obrigando a fazer um esforço para ver ao perto) não compensada. O que é incrível, apesar de representar cerca de 80% dos casos de estrabismo, é que se a causa for diagnosticada e corrigida atempadamente pode evitar-se o aparecimento de estrabismo e da consequente ambliopia (olho preguiçoso).

As crianças com complicações perinatais envolvendo o sistema nervoso central, com atraso do desenvolvimento ou ainda portadoras de alguns síndromes genéticos sobretudo quando associados a alterações cranio-faciais têm um maior risco de desenvolver estrabismo.

O aparecimento no caso dos adultos está geralmente associado por alguma doença física não ocular, como o diabetes e doenças neurológicas, ou devido a um traumatismo na cabeça. A incidência, neste último caso, tem-se tornado mais frequente com o aumento dos acidentes de trânsito. Quando surge no adulto, ou na criança grande, o primeiro sintoma do paciente é a visão dupla.

 

 

Enjoyed this post? Share it!

 

2 thoughts on “Causas do Estrabismo

  1. fui ao ofitomologista e ele disse que o meu caso era estrabismo e so passou um óculo so q eu nao vejo as coisas duplas nao.sera q é estrabismo mesmo eu nao vejo meu olho torto nao.me explique?

Deixe uma resposta para marisa Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *