O meu bebé tem estrabismo ?

Aquando do nascimento, as crianças possuem um sistema visual muito pouco desenvolvido, o funcionamento cerebral da visão está no ponto “zero” do seu crescimento funcional e os olhos possuem lacunas importantes na capacidade de focar e discriminar as imagens bem como a capacidade dos músculos que fazem mover os olhos está longe de ser perfeita. Por isso, ao nascer os bebes apresentam uma grande incapacidade de coordenação dos movimentos oculares, da qual resulta com frequência um aparente estrabismo no bebé e a normal pergunta dos país ao oftalmologista  “O meu bebé tem estrabismo ?”

Os vários módulos cerebrais do funcionamento da visão desenvolvem-se nos primeiros meses de vida e normalmente é a partir do terceiro ou quarto mês de vida que o cérebro  começa a se capaz  de fundir as imagens provenientes de cada um dos olhos, o que aliando a uma melhoria substancial da coordenação motora permitem um alinhamento definitivo dos eixos visuais, que ocorre entre os 4 e os 6 meses.Sempre que o desvio se prolongue para além deste período deve consultar-se o oftalmologista.


O pseudo-estrabismo

Felizmente, esta é a resposta dada a um grande número de pais que perguntam ao médico “O meu bebé tem estrabismo ?” Os meus país não tiveram esta resposta…

Os bebes apresentam com frequência um aumento relativo da distância entre os dois olhos, por vezes associada a uma menor angulação dos cantos internos.

Estas variações anatómicas próprias da infância, provocam frequentemente uma sensação de estrabismo no bebé , sobretudo nas posições laterais do olhar.

Os pais devem estar atentos. Perante a suspeita de estrabismo no bebe devem consultar um Oftalmologista. O estrabismo nunca se resolve de forma espontânea, sendo que se detectado precocemente pode ser corrigido na grande maioria dos casos.Embora na maioria dos casos o estrabismo seja consequência de um erro refractivo não compensado, pode trazer consequências visuais graves e em situações raras pode traduzir alterações oculares capazes de pôr em risco a vida da criança.

Enjoyed this post? Share it!

 

2 thoughts on “O meu bebé tem estrabismo ?

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *